Conheça a cirurgia Sleeve

  • 960 Views

A cirurgia Sleeve é um dos procedimentos aprovados pelo CFM (Conselho Federal de Medicina) como uma das técnicas utilizadas na cirurgia bariátrica.

Esse é um dos procedimentos cirúrgicos para o tratamento da obesidade, que é uma das doenças que mais levam pacientes a óbito em todo o mundo.

O que acontece é que muitas pessoas possuem dúvidas sobre como funciona a cirurgia Sleeve, quais as indicações, vantagens, desvantagens, contraindicações e como é o pós-operatório.

Pensando em te ajudar e tirar todas as suas dúvidas, hoje trouxemos um artigo completo sobre essa cirurgia para você entender melhor esse procedimento e esclarecer melhor suas dúvidas. Acompanhe a seguir!

Cirurgia Sleeve: o que é?

A cirurgia Sleeve é um tipo de cirurgia bariátrica, que possui resultados bem satisfatórios para os pacientes. Essa técnica é realizada desde os anos 2000, e já está bem estabelecida como uma cirurgia bariátrica com excelentes resultados.

De forma geral, com a técnica da cirurgia Sleeve, um novo estômago é construído no paciente, onde o formato é parecido com o de um tubo fino. Assim, é possível, através do grampeamento do estômago, a remoção de 70% a 80% de seu tamanho.

Isso faz com que haja uma restrição alimentar maior, ao diminuir a capacidade de armazenamento do estômago. A cirurgia Sleeve também traz um controle hormonal da fome, pois retira o fundo gástrico onde é produzida a Grelina (um dos hormônios que causa a sensação de fome) fazendo com que o controle do peso depois do procedimento seja eficaz.

Como a cirurgia Sleeve é feita?

As técnicas de cirurgia bariátrica não se resumem apenas a um tipo de procedimento, existem diferentes métodos e técnicas.

Assim como acontece em outras técnicas de cirurgia bariátrica, a cirurgia Sleeve também possui como principal objetivo alterar a anatomia original do estômago.

De maneira prática, a cirurgia Sleeve funciona para que o paciente possa comer menos e ainda assim se sentir saciado, e a partir desse resultado, é possível observar os benefícios desse procedimento.

Maiores vantagens da cirurgia Sleeve

A cirurgia Sleeve possui diversas vantagens para o paciente, como a preservação do duodeno no trânsito de alimentos. Com isso, o paciente permanece com todo o trajeto do aparelho digestivo preservado, pois não há necessidade de um desvio.

A cirurgia Sleeve também é realizada em menos de 1 hora e não altera o intestino delgado, pois é realizada exclusivamente no estômago. Sua ação é principalmente, trazendo uma saciedade maior no controle da fome e ainda assim não prejudica o processo de digestão.

Ajuda no controle das comorbidades, mas para quem tem refluxo gastro-esofágico precisa de uma avaliação minuciosa. Caso ocorra uma recidiva da obesidade essa técnica pode ser convertida em outra técnica operatória.

Quais são as indicações da cirurgia Sleeve?

Assim como acontece com outros tipos de cirurgias e métodos bariátricos, a cirurgia Sleeve é recomendada quando o uso de medicamentos, dieta, atividade física e outros tratamentos não foram eficazes previamente no tratamento da obesidade.

Para que eles possam ser indicados, é preciso que tenham IMC maior do que 35, com patologias associadas ou IMC maior do que 40, no caso de não haver patologias associadas.

É válido lembrar que esse método da cirurgia Sleeve é irreversível, e como acontece com qualquer outro tipo de cirurgia a que os pacientes se submetem, apresenta algum nível de risco como a fístula no ângulo de Hiss é um dos exemplos, mesmo que ocorra dificilmente, em menos de 0,5% dos casos.

Principais contraindicações da cirurgia Sleeve

Como dissemos, assim como acontece com qualquer tipo de cirurgia, o paciente pode estar exposto a alguns riscos, e as restrições podem ser observadas pelos médicos.

Quando falamos sobre contra indicações da cirurgia Sleeve, ela não é indicada para pacientes que possuem a doença do refluxo gastroesofágico, porque, em alguns casos, é comum que essa doença seja agravada, mas essa avaliação é realizada no pré-operatório, pois até a própria obesidade pode ser a responsável pelo refluxo.

Pessoas com diabetes tipo 2, não têm contra-indicação ao Sleeve, mas inicialmente a prioridade é a técnica do Bypass. Outra contra-indicação relativa seriam pacientes que já realizaram cirurgias no intestino delgado.

Com essas informações, é possível observarmos que a realização da cirurgia Sleeve não possui tantas contraindicações como em outros procedimentos, e é um grande sucesso nos centros cirúrgicos.

Mas, para que realmente esse sucesso seja observado, é importante lembrar que os pacientes precisam seguir todas as recomendações que são indicadas pelos médicos, além de permanecer em acompanhamento com uma equipe multidisciplinar.

Como funciona o pré operatório e o pós operatório?

Para fazer a cirurgia Sleeve, o paciente precisa passar por avaliações clínicas realizadas no pré operatório de forma aprofundada. Além disso, nesse momento, o paciente também precisa iniciar algumas mudanças sobre os seus hábitos alimentares, que precisam se perpetuar mesmo após a realização da cirurgia.

Uma avaliação psicológica também é feita no período pré operatório no paciente, sendo esse acompanhamento essencial para o sucesso da cirurgia Sleeve.

O pós-operatório normalmente é bem tranquilo para os pacientes que realizam esse procedimento. No mesmo dia da cirurgia já podem sentar e caminhar pelo quarto e no corredor do hospital. A dieta líquida é iniciada no dia seguinte da cirurgia quando você também inicia fisioterapia respiratória e recebe alta hospitalar.

É importante que os pacientes sigam as recomendações sobre a administração de medicamentos, principalmente aqueles que ajudam no controle das dores, segundo as recomendações do seu médico.

Também é essencial que o paciente siga uma dieta elaborada por um nutricionista para não ter nenhum tipo de problema gástrico.

Existem outros tipos de métodos que podem ser indicados para o paciente além da cirurgia Sleeve, e justamente por isso, a avaliação médica é essencial para saber qual o melhor procedimento indicado para cada caso.

Se quiser saber mais, entre em contato com a nossa equipe e agende uma consulta no Centro de Tratamento de Obesidade e Diabetes São Camilo Fortaleza!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.