Como funciona a cirurgia metabólica?

  • 1158 Views

Você sabe o que é a cirurgia metabólica? Esse assunto tem sido cada vez mais discutido, mas ainda existem muitas dúvidas, curiosidades, verdades e mitos sobre esse procedimento.

Com isso, pensando em te ajudar, hoje trouxemos algumas informações para esclarecer dúvidas sobre a cirurgia metabólica, como funciona, quais os benefícios e em que situações é indicada. Confira a seguir!

Cirurgia metabólica: o que é e como funciona?

O número de diabéticos no Brasil e em outros países está crescendo a ponto de a doença ser considerada uma pandemia não infecciosa.

A condição é dividida em duas categorias: diabetes tipo 1, ligada ao sistema imune, que acontece quando as células do corpo que são responsáveis pela defesa atacam outras que sintetizam a insulina que é produzida no pâncreas.

Na diabetes tipo 2, a produção de insulina não consegue o controle total dos açúcares que você ingere. Inicia-se com resistência a insulina, ou seja, ela não faz o efeito esperado que é retirar o excesso do sangue e colocar no interior das células para o devido uso. Resultado: a glicose vai se acumulando no sangue e causando problemas em órgãos-alvo, mais suscetíveis como os rins, os olhos, coração, os nervos e vasos sanguíneos.

cirurgia metabólica consiste em um procedimento cirúrgico no trato gastrointestinal, onde o principal objetivo é tratar a diabetes, e como consequência, a obesidade também que está muito associada.

Nessa cirurgia, o paciente passa por uma mudança no aparelho digestivo, semelhante ao bypass gástrico o que promove alterações na produção de hormônios gastrointestinais, que passam a regular melhor a diabetes. 

Essa cirurgia metabólica é destinada a pacientes que têm diabetes tipo 2 de difícil controle (uso de vários medicamentos e até doses de insulina elevadas) e  IMC (Índice de Massa Corporal) maior do que 30, caracterizando obesidade.

Para fazer a cirurgia eles precisam estar em tratamento e não ter sucesso com o controle da glicemia mesmo em uso regular dos medicamentos.

Através da cirurgia metabólica é possível controlar alguns tipos de doenças além da diabetes, como a obesidade, hipertensão, colesterol alto e esteatose hepática.

Principais dúvidas sobre essa cirurgia

Possui o mesmo objetivo da cirurgia bariátrica?

Mesmo que alguns procedimentos sejam realizados a partir da mesma técnica de cirurgia, os objetivos das cirurgia metabólica e cirurgia bariátrica são diferentes. Enquanto a cirurgia bariátrica possui foco na perda de peso, a cirurgia metabólica objetiva o controle da diabetes.

Além disso, a cirurgia metabólica também acaba contribuindo para o emagrecimento dos pacientes, melhorando a alimentação e o estilo de vida.

Todas as pessoas acima do peso podem fazer?

Para que o paciente possa fazer a cirurgia metabólica não basta apenas estar acima do peso, mas ter diabetes tipo 2, IMC entre 30 e 34,9, ser maior de 30 anos e menor do que 70, ter diabetes há menos de 10 anos, ter tentado outros tipos de tratamentos mas não ter obtido sucesso e não ter contraindicações a cirurgia.

Essa cirurgia é liberada no país?

Durante alguns anos, a cirurgia metabólica foi feita como um tratamento em fases experimentais, como uma alternativa a outros. Mas, a partir do ano de 2017, o Conselho Federal de Medicina reconheceu essa cirurgia como um dos tratamentos mais eficientes para os pacientes que possuem diabetes tipo 2.

Essa cirurgia pode curar a diabetes?

Até então, a cirurgia metabólica é o único tratamento capaz de diminuir o diabetes tipo 2 do paciente. Cerca de 90% dos pacientes que já foram operados tiveram remissão da doença por 10 a 15 anos no pós operatório, além de terem a diabetes controlada.

Não se pode dizer que a cirurgia metabólica é capaz de curar a diabetes por si só, mas com a junção de mudança de hábitos e outros fatores associados, é possível ter um melhor controle sem uso de medicamentos ou doses bem inferiores ao que estava em uso.

É possível tratar outras doenças?

partir da cirurgia metabólica, mesmo que o principal objetivo seja o controle da diabetes, é possível controlar e tratar outros tipos de doenças, trazendo uma melhora na qualidade de vida do paciente.

O controle de peso, os níveis de colesterol ruim menores e colesterol bom maiores, controle da hipertensão e apneia do sono são alguns dos benefícios observados a partir desse procedimento.

Principais diferenças entre a cirurgia metabólica e bariátrica

Como dissemos, é comum que as pessoas confundam esses dois tipos de procedimentos ainda e não saibam as diferenças entre eles. Mesmo que os procedimentos sejam similares, os objetivos de cada cirurgia são diferentes.

A cirurgia bariátrica possui o principal objetivo a redução do peso do paciente, enquanto a cirurgia metabólica possui objetivo de tratar diabetes e outras doenças que estejam associadas à obesidade, como dislipidemia, hipertensão, gordura no fígado, refluxo ou apneia do sono.

Quando falamos sobre o procedimento da cirurgia bariátrica, também nos referimos a uma cirurgia em que a redução do peso é o principal objetivo, mas a melhora das doenças associadas também podem ser observadas.

cirurgia metabólica, por sua vez, é um tratamento que possui como meta controlar a diabetes tipo 2, principalmente quando a doença está progredindo e os tratamentos com medicamentos, dieta e exercícios não estão sendo eficazes.

Maiores benefícios da cirurgia metabólica

Na realização da cirurgia metabólica, o tamanho do estômago do paciente é diminuído, assim como a trajetória em que o alimento percorre no aparelho digestivo também é alterada. Mas, quais os benefícios disso para a saúde do paciente?

Quando as transformações anatômicas são feitas no paciente, é possível que haja um aumento da quantidade de diversos hormônios que estão relacionados a regulação do açúcar no organismo e do metabolismo.

Além disso, a cirurgia metabólica também ajuda a controlar a fome, traz mais saciedade e traz outros benefícios para o corpo. Assim, além do paciente sentir uma diminuição no desejo de comer, também é possível que ele se sinta ainda mais satisfeito, mesmo com uma quantidade menor de comida.

Alguns dos principais benefícios que podem ser observados a partir da cirurgia metabólica, onde acontece a secreção dos hormônios, a remissão de outras doenças graves e o controle delas, podemos citar a diabetes, hiperuricemia, hipercolesterolemia, hipertensão, síndrome do ovário policístico e esteatose hepática.

cirurgia metabólica tem sido cada vez mais uma opção para os pacientes que se encaixam dentre os requisitos, garantindo uma melhora na sua saúde, diminuindo os sintomas de doenças e trazendo uma boa qualidade de vida.

Para que isso seja avaliado, é interessante estar em acompanhamento médico, com os exames em dia e com as comprovações que outros tratamentos não tiveram eficácia contra a doença.

Consulte um especialista no São Camilo Fortaleza, agende uma consulta e saiba mais sobre o assunto!

Para continuar se informando sobre esses e outros temas relacionados à saúde, acesse nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.