logo

Como prevenir o cálculo renal?

  • 2619 Views

Quando o assunto é saúde, sabemos que não podemos medir esforços para obter uma qualidade de vida ainda melhor. Afinal, é necessário conhecer o nosso corpo, e prover as medidas necessárias para cuidar de nosso organismo.

No entanto, uma doença extremamente comum — e que tende a acontecer por falta de cuidados pessoais — é o cálculo renal. Além disso, muita gente não entende o quadro clínico desse problema, bem como os principais sintomas, e a melhor forma para se prevenir.

Quer saber como? Então, confira o nosso post até o final e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Cálculo Renal: o que é?

Primeiro de tudo, o termo cálculo renal nada mais é do que uma designação médica para conceituar um problema bastante comum, que é popularmente conhecido como pedra nos rins!

Como bem sabemos, os rins têm como função principal realizar o equilíbrio do volume de água que o nosso organismo possui e, dessa forma, realizar a filtragem de impurezas que tendem a circular pela corrente sanguínea. É nesse processo em que a urina é produzida!

No entanto, quando pequenos cristais — que podem ser resultados do processo de filtragem do sangue, caso possua determinadas substâncias em excesso, como é o caso do ácido úrico ou cálcio, esses elementos tendem a se juntar com o tempo, formando pequenas “pedrinhas” — ficam alojadas tanto nos próprios rins, quanto em algum lugar do sistema urinário, a pessoa já pode ser diagnosticada com cálculo renal.

Contudo, existem quatro tipos de cálculos renais que devemos levar em consideração. Eles são o cálculo de cálcio (sendo o mais comum), o cálculo de cistina (que tende a ocorrer em pessoas que já possuem um quadro crônico de problemas renais chamados de cistinúria), o cálculo de ácido úrico, que tende a ser mais comum no sexo masculino, e o cálculo de estruvita (que são causados por bactérias e também os que mais crescem e tendem a bloquear os pontos do sistema urinário).

Principais sintomas do cálculo renal

Agora que você já conhece o conceito de cálculo renal, e suas devidas complicações para o portador, está na hora de descobrir seus principais sintomas. Confira abaixo quais são eles:

  • Dificuldade para urinar ou eliminar uma quantidade considerável de urina;
  • Cólicas extremamente fortes e que tendem a irradiar para a região das costas, e para a parte inferior do abdômen;
  • Ardência para urinar;
  • Presença de sangue na urina;
  • Ardência ou dor ao urinar;
  • Febre;
  • Vômitos ou náuseas.

Se tratando dos sintomas, esses são os principais. Caso se identifique com um ou mais deles, pode-se procurar um médico de sua confiança para avaliar o quadro de forma mais precisa e profissional.

Como funciona o tratamento do cálculo renal?

De forma prática, o tratamento para esse problema é realizado através de medicamentos analgésicos, que costumam ser indicados sempre por um médico. É importante considerar que a ingestão de remédios sem autorização médica pode acabar piorando o quadro, porque alguns fármacos podem contribuir com o aumento desses cristais.

Além do tratamento dos medicamentos, o médico também recomenda uma ingestão maior de água, fazendo com que as pedras sejam eliminadas de forma natural.

No entanto, caso estejamos nos referindo às pedras que são maiores, a ponto de não conseguirem ser eliminadas naturalmente pela urina, é preciso realizar uma cirurgia.

A cirurgia, por sua vez, é realizada através de pequenos cortes nas costas, a fim de que as pedras sejam removidas. Ou, também, por meio de um cateter inserido na uretra do paciente até a pedra. Nesses casos, o tamanho da “pedra” será diminuída, ou implodida pelo aparelho injetado no órgão.

Como se prevenir do cálculo renal?

Não menos importante do que entender o devido tratamento para os casos de cálculo renal, é entender as melhores formas para se prevenir desse problema, uma vez que tende a ser bastante doloroso para quem o possui. Sendo assim, confira abaixo como se prevenir do cálculo renal:

1. Tome bastante água

Como primeira dica e talvez a mais importante de todas, é o consumo adequado de água de modo regular durante o dia. Isso porque o seu consumo tende a diluir as substâncias químicas presentes na corrente sanguínea que geram os cristais. Dessa forma, com a urina menos concentrada, é possível eliminar de forma rápida e eficiente as substâncias químicas que tendem a formar os cálculos.

Sendo assim, o mais recomendável é que as pessoas consumam, em média, 2 litros de água por dia. Também podemos mesclá-la com outros líquidos, como sucos, smoothies e até vitaminas.

Além de serem extremamente saborosas, também ajudam eficientemente na hidratação. Frutas como laranja e limão tendem a ser opções que previnem a formação dos cálculos, por via de uma substância denominada citrato.

2. Reduza o consumo excessivo de sal

Para quem não sabe, há um componente presente nos alimentos industrializados, o sódio, que forma o “sal”. Essa substância, quando ingerida em excesso, consegue aumentar a produção de ácido úrico, cálcio, fósforo e oxalato, provocando o surgimento do cálculo renal.

Logo, para evitar esse problema, o recomendado é que o indivíduo tenda a reduzir o consumo de sal! De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), uma dieta saudável precisa conter ao menos 2.000 mg de sódio por dia em um adulto, correspondendo a cerca de 5g de sal.

3. Beba álcool de forma moderada

A ingestão exagerada de álcool é prejudicial às funções renais, provocando desidratação por meio da sua ação diurética.

Desse modo, é crucial beber com moderação. A dica básica é intercalar bebidas alcoólicas com o consumo de água. Assim, é possível repor o líquido no organismo de forma imediata, sem comprometer os rins.

Gostou das dicas? Agora que você já sabe como se prevenir do cálculo renal, que tal ampliar o seu conhecimento sobre a sua saúde? Acesse agora mesmo o nosso blog e confira outras dicas exclusivas sobre o tema.

 

1 thought on “Como prevenir o cálculo renal?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.