Tudo que você precisa saber sobre a Bariátrica bypass

  • 384 Views

 

A obesidade representa um grande problema de saúde pública. Uma das formas encontradas de combatê-la é através da cirurgia bariátrica. Aliada a novos hábitos, como alimentação saudável e atividades físicas, a bariátrica bypass é uma das opções escolhidas pelas pessoas que lutam contra a balança.

A OMS (Organização Mundial de Saúde) estima que até 2025, mais de 160 milhões de pessoas estarão doentes em decorrência da obesidade. Isso significa dizer que em razão de um ganho excessivo de peso e maus hábitos, podemos estar prestes a enfrentar uma crise mundial de saúde decorrente da obesidade.

A obesidade contribui para o desenvolvimento de doenças como:

  • Diabete tipo 2;
  • Problemas cardiovasculares;
  • Hipertensão;
  • Acidente vascular cerebral.

Capaz de prejudicar coração, fígado, rins e articulações, a obesidade precisa ser combatida desde cedo. Quando esse cuidado é adiado em demasia, as complicações exigem medidas mais sérias, como uma dieta restrita e, a depender da orientação médica, uma cirurgia bariátrica.

E um dos tipos mais comuns de cirurgia para perda de peso é a bariátrica bypass. A seguir, trazemos a você tudo o que precisa saber sobre esse procedimento.

O que é cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica é também conhecida como cirurgia de “redução de estômago”. Esse nome vem da principal característica do procedimento, que reduz o tamanho do estômago do paciente submetido à cirurgia. Com o tamanho do estômago menor, o paciente recebe um reforço agressivo para perda de peso.

Esse é um procedimento em geral indicado para pacientes que apresentem massa corpórea elevada, cuja classificação de obesidade atinge o grau III na avaliação do IMC. O peso, no entanto, não deve ser considerado de maneira isolada como razão para se submeter ao procedimento.

Tanto é, que, no caso da cirurgia bariátrica bypass, o paciente precisa apresentar sintomas e outros problemas de saúde relacionados à obesidade, como alguns dos problemas mencionados no início do texto, por um período de pelo menos 2 anos. Além disso, leva-se em consideração a impossibilidade de o paciente perder peso por outros modos, como através de dieta e atividades físicas.

Qual a diferença entre bariátrica bypass e outros procedimentos?

A cirurgia bariátrica bypass é considerada um procedimento misto, uma vez que combina a restrição e a má-absorção de macronutrientes, características presentes em procedimentos como o sleeve gástrico e o desvio duodeno-jejunal. E como isso funciona?

Na bariátrica bypass a cirurgia passa por duas etapas principais, sendo uma delas o momento em que o estômago é dividido e em seguida é feita uma conexão em formato de “Y”, de modo que o estômago, antes capaz de comportar de 1 a 1,5 litros de alimentos, passa a comportar de 25 a 100ml.

Os dados de uma pesquisa realizada em 2020 na Universidade do Porto, observamos a informação de que, o bypass apresenta os melhores resultados na questão da perda de peso nos primeiros dois anos. Além disso, o bypass é a melhor escolha de cirurgia bariátrica para pacientes obesos que apresentam quadro de refluxo gastroesofágico.

Em comparação com procedimentos como o sleeve, banda gástrica ajustável e derivação gástrica, a cirurgia bariátrica bypass é a que apresenta melhores resultados quanto à síndrome metabólica (resistência à insulina), além da perda de peso e controle da diabete.

Como é feita a cirurgiabariátrica bypass?

Realizada com anestesia geral, a bariátrica bypass é um procedimento relativamente rápido, durando em média 2 horas. Conforme explicado acima brevemente, esse tipo de procedimento promove a redução do tamanho do estômago diminuindo a sua capacidade.

Através de videolaparoscopia, o cirurgião separa uma pequena porção do estômago, ligando-o do esôfago à parte superior do intestino, chamada jejuno, encurtando o caminho da comida pelo sistema digestivo. Já o restante do intestino e do estômago, deixa de fazer parte do processo digestório.

Com a capacidade do estômago reduzida para 25 a 100 ml, a consequência principal é a perda de peso.

Como é a recuperação da cirurgia de bypass gástrico?

A cirurgia bariátrica bypass oferece resultados positivos, podendo auxiliar na perda de até 70% do peso inicial do paciente submetido ao procedimento. Por se tratar de uma cirurgia que mexe, não somente com o estômago, mas também com o trato intestinal, existem cuidados a serem tomados após a cirurgia que envolve:

  • Reeducação alimentar conforme indicações de nutricionistas;
  • Caminhadas leves a partir do primeiro dia de pós-operatório para evitar formação de coágulos;
  • Suplementação adequada às necessidades do paciente;
  • Evitar qualquer tipo de esforço (erguer peso, atividades físicas pesadas etc.).

Tanto o cirurgião quanto o anestesista acompanham a recuperação do paciente nos primeiros dias, durante a internação. A depender da situação do paciente, exercícios respiratórios também podem ser indicados.

Seguir rigorosamente as indicações médicas serve para uma melhor recuperação, evitando eventuais complicações, infecções ou deficiências nutricionais em razão da nova dieta.

Quais as vantagens da bariátrica bypass?

Com o grande número de doenças que a obesidade pode acarretar, a cirurgia bariátrica bypass tem por principal benefício devolver ao paciente a saúde perdida com o peso em excesso. Enquanto doença, a obesidade pode prejudicar inclusive a mobilidade, sono e vida sexual do paciente, por exemplo.

Assim, além de melhora na qualidade de vida, o bypass gástrico promove:

  • Controle da diabetes tipo 2;
  • Diminuição nas dores articulares;
  • Controle do colesterol e ácido úrico.

Esses e outros benefícios garante o aumento na expectativa de vida. Com novos hábitos, o reganho de peso pode ser evitado, aumentando a eficácia da cirurgia bariátrica em longo prazo. De qualquer forma, a bariátrica bypass deve ser indicada por especialistas e por eles realizada.

Como conseguir fazer uma bariátrica bypass?

Por ser uma cirurgia e envolver alguns riscos, tanto a necessidade do procedimento quanto a possibilidade de o paciente passar pela cirurgia deve ser avaliada por um profissional qualificado. Consulte seu médico de confiança sobre o seu desejo de explorar esse tipo de cirurgia para perda de peso.

Na dúvida, consulte um especialista no São Camilo Fortaleza.

Para continuar se informando sobre esses e outros temas relacionados à saúde, acesse nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.